Carambola, a fruta inimiga da doença renal crônica

Apesar de ser rica em vitaminas e sais minerais, a carambola possui uma neurotoxina chamada caramboxina, que não é eliminada devidamente pelos rins nas pessoas com insuficiência renal. A intoxicação pela caramboxina provoca sintomas neurológicos graves, podendo levar até mesmo à morte. Por isso, a carambola é considerada a fruta FATAL para portadores de doença renal crônica.

Os sintomas mais comuns são: soluço incontrolável, formigamento, vômitos, fraqueza, agitação, confusão mental, convulsões e coma. Pelo alto risco de convulsões, até mesmo podendo levar à morte, esta fruta é PROIBIDA para pessoas com doença renal crônica, tanto para pacientes que realizam tratamento conservador quanto para quem realiza diálise.

Fique atento e não consuma essa fruta se você tem doença renal.

Compartilhe esta informação!







16 visualizações